Samu atende 1.405 chamados de casos de Covid-19 no primeiro bimestre deste ano

Enquanto em janeiro foram 650 ocorrências, no mês passado o número saltou para 755 atendimentos

As equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Alagoas foram acionadas, durante o primeiro bimestre deste ano, para atender 1.405 ocorrências de pacientes suspeitos ou contaminados pelo novo coronavírus. Durante o mês de janeiro, foram 650 atendimentos e, em fevereiro, o número aumentou para 755 chamados.

Diante do crescente número de ocorrências para atendimentos de casos de Covid-19 e o anúncio do retorno de todo o Estado para a Fase Amarela do Distanciamento Social Controlado, a supervisora geral do Samu Alagoas, Josileide Costa, faz um alerta à população sobre a importância de se evitar aglomerações nesse período crítico de pandemia.

“É preciso que a população se conscientize, desenvolva empatia, se coloque no lugar do próximo e cumpra o seu papel social nesse momento em que os casos de contaminação pelo novo coronavírus estão em uma curva ascendente. Ao sair de casa, utilize máscaras, pratique o distanciamento social, evite aglomerações, festas ou reuniões”, recomenda Josileide Costa.

Para além dessas medidas, a supervisora geral do Samu Alagoas ressalta ser essencial que a população redobre os hábitos de higienização. “É importante reforçar o uso de álcool em gel a 70% e a lavagem das mãos com água e sabão. O vírus é invisível, está em todo lugar e acomete as pessoas de diferentes idades e classes sociais. Por isso, não relaxe com as medidas protetivas, siga se cuidando e cuide de quem você ama para salvar vidas”, complementa.

A supervisora explica, ainda, que para atender aos pacientes de casos suspeitos ou contaminados pela Covid-19, os socorristas do Samu Alagoas contam com uma série de equipamentos específicos, disponíveis para esse tipo de ocorrência.
 
“Além de estar devidamente imunizados com as duas doses da vacina contra o coronavírus, as nossas equipes utilizam máscaras cirúrgicas ou N95, protetor facial, óculos, luvas, aventais, macacões impermeáveis, protetores de bota para efetuar os atendimentos. Todas essas ferramentas auxiliam na redução de infecção pela Covid-19 e permitem que os profissionais que atuam arduamente na linha de frente dessa pandemia tenham a proteção adequada”, detalhou Josileide Costa.

Samu presente em todo Estado – O Samu Alagoas atende 100% do território alagoano, com estrutura distribuída em 37 cidades. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência conta com duas Centrais, sendo uma localizada em Maceió e outra em Arapiraca, além de 35 Bases Descentralizadas, que ajudam diminuir o tempo resposta das ocorrências e oferecem um atendimento pré-hospitalar adequado à população.

Além dos casos suspeitos ou confirmados de Covid-19, o Samu Alagoas atende vítimas de acidentes de trânsito, quedas da própria altura, ferimentos por arma branca e por arma de fogo, quedas de altura, afogamentos, queimaduras, casos obstétricos, atendimento psiquiátrico, casos clínicos como suspeitas de Acidente Vascular Cerebral (AVC) e suspeitas de Infarto Agudo do Miocárdio (IAM).

O Samu Alagoas pode ser acionado através do número 192. O canal de atendimento à população funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana, com equipes de profissionais compostas por médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, condutores, socorristas e técnicos auxiliares de regulação médica (TARMs).

fonte: Assessoria

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: