Presidente global do Carrefour determina revisão em normas

O presidente global do Carrefour, Alexandre Bompard, publicou em sua conta no Twitter na noite de 6ª feira (20.nov.2020) uma série de postagens sobre a implementação de novas medidas de segurança na rede de supermercados após a morte de João Alberto Silveira Freitas, 40 anos. Ele foi morto pelos seguranças de uma das unidades da empresa em Porto Alegre na 5ª feira (19.nov). A morte causou protestos em várias cidades brasileiras e repercutiu na imprensa internacional.

O post de Bompard sobre João Alberto foi publicado em português. O post anterior em seu perfil, de 9 de novembro, é em francês, sobre o general Charles Gaulle, que foi presidente da França. Nas postagens sobre a morte de João Alberto ele disse que medidas internas foram imediatamente tomadas, mas que são insuficientes.

Eu pedi para as equipes do Grupo Carrefour Brasil total colaboração com a Justiça e autoridades para que os fatos deste ato horrível sejam trazidos à luz”, disse em uma das mensagens.

Em outra, Bompard afirmou que as imagens da agressão são “insuportáveis”.

Fonte: Poder 360

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: