Quinta temporada de No Limite tem final com pior audiência da história

Reality show comandado por André Marques não emplacou no Ibope

A quinta temporada de No Limite chegou ao fim na última terça-feira (20) e alcançou o pior desempenho em um último episódio de edição do reality show. O programa da Globo encerrou com a vitória de Paula Amorim, mas não conseguiu emplacar na audiência. De acordo com os dados da Kantar Ibope na Grande São Paulo obtidos pelo NaTelinha junto a fontes do mercado, a atração comandada por André Marques terminou com 16,3 pontos. Em 2009 – quarta temporada – a final tinha fechado com 17,0 de média, enquanto as três primeiras edições tiveram índices maiores: 50,0, 41 e 37 pontos, respectivamente. A Vida da Gente (2011) exibiu a cena em que as irmãs Ana (Fernanda Vasconcellos) e Manu (Marjorie Estiano) tiveram forte discussão e conseguiu registrar 21,0 pontos. Pega Pega (2017) se manteve estável e ficou com 23,3 de média. Império (2014) conquistou 26,8.

Coração Indomável (2013) segue com alta audiência e fechou com 8,0 pontos. Porém, a segunda produção mais vista no SBT acabou sendo Amores Verdadeiros (2012), que anotou com 8,1 de média. A classificação do São Paulo na Taça Libertadores da América atingiu 10,3 pontos com pico de 13 e participação de 17%. Essa foi a melhor partida em audiência, considerando as exibições desde o dia 10 de março deste ano. Em comparação com semana passada, o canal de Silvio Santos viu seu índice crescer em 5%. O confronto entre o tricolor paulista contra o Racing alcançou 2,0 milhões de pessoas em SP.

Gênesis foi a atração mais assistida fora da Globo ao conquistar 11,8 pontos, enquanto Topíssima (2019) registrou 7,6 de média. O Jornal da Record teve bom desempenho ao ter 9,6.

Fonte: Na Telinha

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: