Deputada cobra incentivos do Governo para setores ligados às Festas Juninas

A deputada Jó Pereira (MDB) usou a tribuna na sessão ordinária desta quarta-feira, 9, para solicitar ações que beneficiem e incentivem a geração de renda dos agricultores familiares e dos setores cultural e de serviços ligados diretamente aos festejos juninos, a exemplo de produtores de milho, músicos, produtores de eventos, costureiras, entre outros. A parlamentar entende que, adotando algumas medidas, o Poder Público pode colaborar para minimizar as perdas desses trabalhadores no segundo ano consecutivo em que as festas de São João não ocorrem, em razão da pandemia.

“Já fiz um apelo, anos atrás, aqui mesmo, nesta tribuna, tentando sensibilizar o Governo a ter um olhar diferenciado em relação a maior festividade e período cultural do Nordeste, as tradicionais festas juninas, orgulho de todos nós, nordestinos, o maior produto e patrimônio cultural de nossa região. Todos queremos, trabalhamos e temos sensibilidade de compreender a importância de apoiar esses alagoanos em suas necessidades”, pontuou.

Jó reforçou que “para cada mão de milho, vai rodar junto o açúcar, o leite de coco, a manteiga, a margarina, e tantas outras delícias que compõem a mesa de São João. Ganham todos, ganha o Estado, ganha o empreendedor, ganha o trabalhador da roça. Da gestão municipal à gestão estadual, todos apoiando o fortalecimento da economia local em tempo de pandemia”.

Em relação aos músicos e produtores de eventos, a parlamentar citou a possibilidade de serem organizadas, em todos os municípios, ‘lives’ patrocinadas com artistas locais, e a contratação de músicos para animar, de forma segura, pontos de vendas. “Lembro a necessidade de parcerias com empresas locais, municípios e até o dinheiro de apoio aos artistas, vindo do Governo Federal, para proporcionar renda aos músicos e produtores culturais”.

Em aparte, o deputado Inácio Loiola destacou que as festas juninas são mais importantes para o Nordeste do que o Carnaval, em termos culturais e de geração de emprego e renda, e concordou que, com algumas ações, é possível minimizar os danos às categorias citadas pela deputada: “Suas alternativas são de grande importância e não me canso de dizer que esta Casa tem muito a contribuir com o desenvolvimento de Alagoas, desde que o Governo a ouça”.

Fonte: Ascom ALE

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: